Universität Wien FIND

110237 VO Literature Lecture (MA) - Portuguese (2016W)

Imigrantes na Literatura Brasileira

4.00 ECTS (2.00 SWS), SPL 11 - Romanistik

Voraussetzungen lt. Studienplan:

MA: s. Studienplan

BA (PW): Absolvierung der Grund- und Erweiterungsmodule

Registration/Deregistration

Details

max. 25 participants
Language: German, Portuguese

Examination dates

Lecturers

Classes (iCal) - next class is marked with N

Tuesday 11.10. 19:00 - 20:30 Seminarraum ROM 4 (3B-EG-37) UniCampus Hof 8
Tuesday 18.10. 19:00 - 20:30 Seminarraum ROM 4 (3B-EG-37) UniCampus Hof 8
Tuesday 25.10. 19:00 - 20:30 Seminarraum ROM 4 (3B-EG-37) UniCampus Hof 8
Tuesday 08.11. 19:00 - 20:30 Seminarraum ROM 4 (3B-EG-37) UniCampus Hof 8
Tuesday 15.11. 19:00 - 20:30 Seminarraum ROM 4 (3B-EG-37) UniCampus Hof 8
Tuesday 22.11. 19:00 - 20:30 Seminarraum ROM 4 (3B-EG-37) UniCampus Hof 8
Tuesday 29.11. 19:00 - 20:30 Seminarraum ROM 4 (3B-EG-37) UniCampus Hof 8
Tuesday 06.12. 19:00 - 20:30 Seminarraum ROM 4 (3B-EG-37) UniCampus Hof 8
Tuesday 13.12. 19:00 - 20:30 Seminarraum ROM 4 (3B-EG-37) UniCampus Hof 8
Tuesday 10.01. 19:00 - 20:30 Seminarraum ROM 4 (3B-EG-37) UniCampus Hof 8
Tuesday 17.01. 19:00 - 20:30 Seminarraum ROM 4 (3B-EG-37) UniCampus Hof 8
Tuesday 24.01. 19:00 - 20:30 Seminarraum ROM 4 (3B-EG-37) UniCampus Hof 8

Information

Aims, contents and method of the course

Modernidade nunca deixou de ser uma constante na experiência histórico-cultural dos países que passam a integrar o mundo ocidental a partir da colonização europeia. (Re)pensar a modernidade no Brasil a partir 1500 até o séc. XXI significa acompanhar as mudanças paradigmáticas europeias no espaço em que foram projetadas, tanto do ponto de vista sócio-econômico e político como no âmbito das ciências e das artes. Partindo do conceito greco-romano do ‘moderno’, derivado de hodie e que possui, assim, o sentido do que é instantâneo fazendo oposição ao passado e projetando-se no futuro, tem-se um processo de constante renovação de ideias e práticas que farão parte da Modernidade ocidental. A assim chamada ‘querela de antigos e de modernos’, que foi se perpetuando no decorrer dos séculos, constitui apenas uma mínima parte de um emaranhado (muitas vezes ambivalente) de ideias que procuram estabelecer, ou melhor, abstrair práticas culturais como intemporais dentro de um contexto histórico(-temporal) em constante expansão.
A Modernidade como ponto de partida para uma discussão sobre cultura dentro de um determinado âmbito histórico traz consigo a ambivalência de, no caso do Brasil, esses valores europeus sofrerem alterações radicais até sua inexistência (Iluminismo) ou, por outro lado, justificarem sua existência (progresso econômico através da política colonialista). O Romantismo que, juntamente com o Renascimento, se auto-afirma a partir da recuperação cultural de valores já superados tem, num Brasil de transições políticas, um caráter de moderno susceptível a rápida exaustão, ao mesmo tempo que outras componentes da Modernidade tais como a vida cotidiana, se ‘modernizavam’ independentemente das ideias emuladas do Romantismo europeu. A Modernité de Baudelaire, termo que introduziu na segunda metade do séc. XIX como flaneur da grande Paris nunca encontraria reflexo na relativização do belo num Brasil que procurou a sua belle époque, tal como o poeta descreveu a partir do decadentismo burguês. A burguesia, que tanto colaborou para um quadro mais concreto da Modernidade, nunca existiu realmente com a força que teve na Europa, sendo o séc. XX no Brasil somente o seu começo. A Pós-Modernidade, identificada como continuação difusa da Modernidade a partir de 1945 permite a coexistência de valores arcaicos e modernos como parte de sua auto-regeneração. O Brasil da Pós-Modernidade convive culturalmente com todos os elementos rechaçados como antigos e com o novo que nasce a partir de uma partição ou disjunção do velho. Antigo e Novo em paralelo, constituem um vasto campo de indeterminações, idas e vindas no tempo, oferecendo de quando em quando aspectos que se tornaram fixos e quase imutáveis.

Assessment and permitted materials

Schriftliche Abschlussprüfung / prova escrita no final do semestre.

Minimum requirements and assessment criteria

Fragen zur Auseinandersetzung der unterschiedlichen Definitionen der Moderne und ihre Umsetzung im kulturellen Brasilien müssen argumentativ und kohärent entweder auf Deutsch oder auf Portugiesisch beantwortet werden. 90 min mit einer Toleranzgrenze von 10 Minuten sind vorgegesehen.
Perguntas relativas aos conceitos de Modernidade e sua aplicação na cultura brasileira terão de ser respondidas de forma argumentativa e coerente (em alemão ou português). Tempo de prova será de 90 minutos com uma margem de tolerância de 10 minutos.

Examination topics

1) O Brasil de 1500 frente ao Humanismo Europeu; a expansão marítima e a retomada do classicismo greco-romano pelo Renascimento por um lado, a visão europeia do ameríndio pré-colonial do outro distorcem uma corrente de pensamento fundamentada na história do pensamento europeu.

2) Brasil Colônia e Europa iluminista: O racionalismo europeu, o Iluminismo de Marquês de Pombal e seu reflexo no Brasil-Colônia.

3) Brasil escravocrata e Europa da Revolução Industrial: progresso econômico ligado à expansão de meios ‘modernos’ de produção. Redefinição do valor da mão de obra leva a uma desumanização do operariado na Inglaterra e a uma humanização no pensamento abolucionista no Brasil-Colônia (embora a abolição, ao final, como medida político-econômica forçada tenha tido consequências desumanas).

4) Romantismo, emulação dos valores estéticos europeus e realidade brasileira. Onde identificar o moderno?

5) Migração e Modernidade: modus vivendi trasladado a um mundo cotidiano sem consciência das ideias e câmbios paradigmáticos da tradição europeia: ex-colônia busca sua própria modernidade, diversa nas várias camadas sociais.

6) Da Primeira República ao Fascismo de Vargas: Cesura pós-1945 e a Pós-Modernidade.

7) Modernidade e Pós-Modernidade dos anos 50 e 60 no Brasil: Discursos no Brasil Contemporâneo e suas respostas nas artes em geral e em especial na literatura.

Reading list

Bibliographie wird in der ersten Stunde bekannt gegeben.

Association in the course directory

Bachelor: PW 35/PW 36 P; Master: MAR 231 P; Lehramt: Wahlfach

Last modified: Th 05.09.2019 12:51